29.7 C
Curitiba
janeiro 26, 2020
Schultz Travel Market News
Europa Feriados Nacionais Feriados Regionais Férias de Julho

Telefone vermelho, gaita de fole, castelos e calçada dos gigantes. Qual é o destino?

Se você disse: “Reino Unido”, acertou! A união política da Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte, torna o Reino Unido um destino riquíssimo em cultura, tradição e entretenimento.

Cada nação tem suas peculiaridades e encantos. Sem dúvida escolher um roteiro que contemple todo o Reino Unido é ter a certeza de uma viagem de multiculturalidade, rica história e paisagens naturais indescritivelmente lindas.

Para conhecer a fundo toda a extensão territorial do Reino Unido, o viajante levaria bastante tempo. Então, uma boa opção para o turista é conhecer, pelo menos, 2 destes países em um mesmo roteiro.

A Schultz Operadora oferece diversos pacotes que unem em uma única viagem: Inglaterra e Escócia; Escócia e Irlanda; Inglaterra e Gales; e assim por diante. Tem alternativa para todos os gostos e bolsos.

Confira algumas atrações para você curtir no Reino Unido:

Inglaterra:

Falar da região britânica sem falar de Londres é impossível, né? Conhecer o Big Ben, London Eye, os Guardas da Rainha, museus e obras de artes de artistas famosos é o sonho de muitas pessoas pelo mundo.

Outros destinos britânicos que chamam a atenção pelo charme são: as cidades de Cambridge e Oxford. Ambas ficam a menos de 1 hora de Londres. Em Cambridge, faça um tour pelos colleges e se aventure em um passeio de gôndola. Já em Oxford, os fãs de Harry Potter não podem deixar de conhecer a Christ Church College, um dos locais de gravação dos filmes. Vá também na Bodleian Library, uma das bibliotecas mais antigas do mundo.

Aqueles que gostam de boa música, podem visitar a cidade de Manchester. Berço de The Smiths, Joy Division, Oasis e de diversas bandas que conquistaram reconhecimento internacional.

O que acha de visitar a terra do Robin Hood na Inglaterra? Nottingham apresenta castelos incríveis, museus, teatros, centro comerciais e o Ye Olde Trip to Jerusalem, pub mais antigo da Inglaterra. Bora?

Escócia:

Encante-se por Edimburgo, capital da Escócia. A cidade tem atrações arquitetônicas sensacionais. As ruas de paralelepípedo, construções medievais e museus, enchem os olhos dos turistas. Um dos lugares mais interessantes de Edimburgo é o Beco de Mary King, localizado embaixo dos edifícios da Royal Mile. A atração é famosa por causa de lendas urbanas assustadoras.

Perth é uma pequena cidade da Escócia que vale a pena conhecer. Por lá, os visitantes podem ver de perto como vivem os escoceses. Aproveite o passeio para tomar café da manhã com um saboroso bolo de mel, prato típico do país.

É beleza que você procura? Então, vá para Fort William. Conhecida como o “outdoor do Reino Unido”. Está entre as cidades mais bonitas da Escócia. Além de caminhar pelas ruas históricas da região, faça um passeio nas montanhas, faça também trilha, escalada ou canoagem. Você escolhe!

País de Gales:

Quer visitar a mini Londres? Sendo assim, você precisa conhecer Cardiff, maior cidade de Gales. Uma das maiores atrações é a área de Cardiff Bay com edifícios vitorianos. Por lá, não deixe de visitar o Castelo de Cardiff, onde você poderá fazer uma viagem no tempo e desfrutar de um banquete tipicamente galês.

St. David’s é uma dos locais mais lindos do país, com o Pembrokeshire National Park sendo um de seus atrativos. Apesar de ser uma região pequena, é cheia de detalhes únicos. As casinhas são graciosas, com fachadas coloridas, sem falar nos charmosos cafés e restaurantes de St. David’s.

Que tal conhecer a vila litorânea denominada New Quay? Bastante popular no verão, oferece passeios de barco para ver os golfinhos e tem 12 belas praias. Curta cada pedacinho de New Quay.

Irlanda do Norte:

Partiu Belfast? A capital da Irlanda do Norte tem muitaaaas atrações. A começar pelo Museu do Titanic. Conheça também a escultura The Big Fish e o magnífico prédio City Hall (Prefeitura de Belfast). A região é puro encanto do início ao fim.

Quando for para a Irlanda do Norte, não deixe de conhecer a Giant’s Causeway ou Calçada dos Gigantes. O local, que é patrimônio da UNESCO, é formado por um conjunto de, mais ou menos, 40 mil colunas de basalto, naturalmente encaixadas e organizadas a partir de atividades vulcânicas há 60 milhões de anos. Neste local, foram gravadas importantes cenas da série Game of Thrones.

Se quer unir aventura e história em um mesmo lugar, atravesse a Carrick-a-rede Bridge. A ponte foi originalmente construída em 1755 por pescadores. A ponte suspensa fica próxima de Ballintoy, no condado de Antrim e tem 30 metros de altura. Após atravessá-la, conheça a pequena ilha de Carrick-a-Rede, onde encontrará paisagens de tirar o fôlego.

E aí, você está preparado(a) para conhecer o Reino Unido? Confira mais detalhes de roteiros, e preços em nosso site: www.schultz.com.br

Fly & Drive

Se você quer conhecer o Reino Unido, mas não pretende comprar um pacote fechado, pode optar pelo Fly & Drive. Na Schultz Operadora, você tem a opção de reservar o hotel (mínimo de 4 noites), alugar um carro e fazer o seu próprio roteiro. Então, é só escolher as atrações que quer visitar e montar seu pacote personalizado. Demais, né?

A Schultz tem parceria com milhares de hotéis e serviços, e também com a Avis, locadora de automóveis. E o mais legal, a absoluta maioria das promoções da Avis são válidas para emissões com a Schultz. É só você orçar e aproveitar a oportunidade.

Veja bons roteiros no Reino Unido para realizar com a opção Fly & Drive:

1 – Rota Game of Thrones

Fazer a rota dos pontos de filmagem da série Game of Thrones (GOT) é uma ideia fantástica para os fãs da série. Pelo caminho, o turista se impressiona com as belezas naturais da Irlanda do Norte. A imponência desses locais faz parte do épico cenário da série.

Entre os lugares utilizados para gravação de GOT, estão: The Dark Hedges; Cume de Binevenagh; Castelo de Dunluce; Cushendun Caves; Tollymore Forest Park; Downhill Beach; Castle Ward.

The Dark Hedges: uma avenida deslumbrante de árvores do século XVIII. Foi por onde Arya Stark escapou de King’s Landing disfarçada de menino, em GOT. Se você gosta de lugares assustadores, visite o Dark Hedges após o anoitecer. Será um passeio com direito a frio da barriga.

Cume de Binevenagh: esse cume apresenta vistas panorâmicas sobre Lough Foyle e as Montanhas Sperrin. Uma vista realmente privilegiada. A área foi utilizada muitas vezes em cenas de GOT. Uma das mais memoráveis é quando Daenerys, resgatada por seu dragão Drogon, sobrevoa a cidade de Meereen.

Castelo de Dunluce: as ruínas deste castelo medieval estão localizadas na beira de falésias costeiras. As ruínas foram bastante usadas em cenas da Casa Greyjoy, governante das Ilhas de Ferro, em GOT.

Cushendun Caves: você lembra da cena em que Davos Seaworth e Lady Melisandre, em GOT, desembarcaram em terra, na 2ª temporada? Então, a parada foi em Cushendun Caves. As cavernas localizadas ali são únicas e um tanto amedrontadoras.

Tollymore Forest Park: o parque é um dos lugares favoritos de turistas que vão para a Irlanda do Norte, devido à beleza e peculiaridade do local. Em GOT, foi cenário da fuga de Theon Grevjoys quando ele é perseguido por Ramsay Snow.

Downhill Beach: essa região praiana foi utilizada como local de gravações para Dragonstone e onde os Deuses de Westeros foram sacrificados por Lady Melisandre.

Castle Ward: você tem vontade de conhecer pessoalmente o pátio de Winterfell de Game of Thrones? Sendo assim, visite Castle Ward. Foi ali que, o rei Robert Baratheon chegou a Winterfell e foi recebido por Stark durante o 1º episódio.

2 – Rota de Heranças

Uma rota que visita a herança romana na Inglaterra, desde Bath, no interior do sudoeste da Inglaterra. A cidade é bem conhecida pelas fontes termais naturais e pelo estilo georgiano em arquitetura. Continue o roteiro pela Muralha de Adriano, uma fortificação construída com pedra e madeira, durante o Império Romano.

Durante o percurso, inclua a visita à herança dos povos Druidas, que remonta à cultura mais autêntica da Grã-Bretanha da Idade Antiga à Alta Idade Média. Visite, por exemplo, Stonehenge, no sul da Inglaterra. O monumento foi construído há mais de 5 mil anos e, ao longo dos anos, aperfeiçoado por diferentes gerações de tribos celtas, até chegar à formação de hoje com pedras de 50 toneladas e 5 metros de altura.

3 – Rota Romântica

Que tal uma rota romântica, seguindo a linha central da ilha? Pode ser iniciada na região de Cotswolds. Apresenta aldeias inteiramente construídas em pedra, desde as ruas até os telhados, com janelinhas brancas e muitas flores. Por lá, os cenários parecem ilustrações de livros de contos de fadas.

Seguindo para Stratford-Upon-Avon, a terra de Shakespeare e sua amada Anne Hathaway, conheça as 5 residências relacionadas a ele e sua família. Os turistas podem não só conhecer as casas, como entrar no clima lúdico com pessoas vestidas a caráter que fornecem explicações do local e sobre a vida do poeta. Depois, passe pelo curioso e belíssimo parque arqueológico da cidade de Leeds. A região tem mais de 200 parques e espaços públicos para diversão. Só o Roundhay Park tem, aproximadamente, 300 hectares.

Continue seu roteiro para a região de York até a cidade de Newcastle Upon Tyne. De York a Newcastle é onde se concentra o legado dos vikings na Inglaterra, muito presente até os dias de hoje na arquitetura, na comida, no sotaque e nos traços fisionômicos dos nativos da região.

Quer se aventurar em alguma destas rotas?
Monte seu pacote personalizado: www.schultz.com.br

Related posts