Destinos

Dez razões para voar já para a Ilha do Sal

Dez razões para descobrir uma das ilhas mais turísticas de Cabo Verde, deixando-se seduzir pela natureza desértica, o mar azul-turquesa, a simpatia do povo e o ritmo de uma música contagiante

Assim que aterramos no Sal, às onze da noite, depois de apenas quatro horas de voo, e saímos a pé do avião até ao edifício do aeroporto, sentimos um vento quente. Imediatamente esquecemos o registo europeu e acertamos o ponteiro com o ritmo africano. Sem nunca perdermos a sensação de estar em casa. Aqui fala-se português (e crioulo, claro), a sinalização na estrada aquela que segue sempre a direito, sem trânsito, e onde a certa altura se avista mar de um lado e do outro é igual à nossa, e o Benfica, o clube de eleição. Dantes, os turistas vinham para aqui, punham a pulseirinha do hotel no pulso, e só tinham de decidir se passavam o dia à beira da piscina ou iam até ao areal fino, dar um mergulho no mar azul-turquesa, de temperatura simpática. Quase sempre com vento à mistura. Ainda há quem não saia dos hotéis. Mas, se realmente quiser experimentar…

[Leia a matéria na íntegra]

Fonte: Revista Visão

Related posts

Sugestões de destinos para conhecer em agosto: Marrocos, Ucrânia, Polônia e Tailândia

Amanda Marciniak

Polônia: dicas de um país que se reergueu com a fé

Mapa Comunicação

Uma vista inesquecível, boa gastronomia e seu amor ao lado. O que mais pedir da vida?

Amanda Marciniak

Deixe um comentário

Deixe sua avaliação